Como o amor pavimenta o caminho para conversas difíceis

Por Garret Kell | 14.01.2021

O objetivo da admoestação não é para humilhar, mas para servir uns aos outros pois eleva nossos olhos para Jesus.

“O que exatamente estamos procurando?” Reflexões sobre a minha recente procura por uma igreja

Por Simona Gorton | 04.01.2021

Se você está procurando uma igreja, eu te convido a fazer as mesmas perguntas que fizemos e a examinar alguns princípios claros das Escrituras.

Como o Senhor preparou nossa igreja para uma pandemia global

Por Juan Sanchez | 15.09.2020

O Senhor Jesus já nos preparou para esta pandemia pela forma como ele ordenou sua igreja com o propósito de ministério e missão, para a glória de Deus Pai, no poder do Espírito.

A COVID-19 tem ajudado nossa igreja a orar com mais fervor

Por Matthias Lohmann | 03.07.2020

Deus é bom. Ele sempre usa circunstâncias que podemos achar ruins para levar a efeito seus gloriosos propósitos entre seu povo.

Reflexões sobre a definição de intimidade e amizade

Por Ed Shaw | 09.03.2020

Ed Shaw traz reflexões bíblicas sobre a definição de intimidade e sua relação com a amizade.

Os cristãos podem se casar com não-cristãos?

É muito melhor viver sem um cônjuge e na companhia da igreja, do que com alguém que vive por uma vida que não é eterna.

7 questões diagnósticas para ministração a mulheres solteiras

Por Mary Willson | 09.03.2020

Somos uma família no Senhor Jesus, e isso deve moldar a forma como falamos sobre a solteirice entre os cristãos.

7 “faça” e “não faça” ao discipular solteiros

Por Whitney Woollard | 09.03.2020

Uma lista de coisas que você deve e não deve fazer no discipulado que os solteiros em sua igreja precisam que você conheça.

Engajando solteiros à vida das famílias da igreja

Por Sean DeMars | 09.03.2020

Como você acha que as famílias em sua igreja estão agindo para amar as pessoas solteiras? Você acha que elas se esforçam para inserir pessoas solteiras em suas vidas?

Membros ausentes são tóxicos para igreja

Por Matt Schmucker | 06.03.2019

Membros ausentes não machucam meramente a si mesmos. Na verdade, eles têm quatro efeitos tóxicos para a igreja local.