Sobre 9Marks

O que é 9Marks?

9Marks é um ministério dedicado a equipar os líderes da igreja com uma visão bíblica e recursos práticos. Com o simples objetivo: igrejas que exibam a glória de Deus.

A Missão

9Marks existe para equipar os líderes da igreja com uma visão bíblica e recursos práticos para que a glória de Deus seja exibida através de igrejas saudáveis.

A História

A organização teve seu início nos trabalhos pastorais de Mark Dever e Matt Schmucker na Igreja Batista Capitol Hill em Washington, DC (EUA). Essa congregação já havia estado em declínio por várias décadas quando Mark (pastor) e Matt (administrador / presbíteros) iniciaram uma reforma nos anos 1990. Não seguiram os conselhos convencionais a cerca do crescimento de igrejas, tais como: fazer enquetes, iniciar novos programas, ou cultivar a cultura mais popular. Simplesmente, abriram suas Bíblias. Mark pregava e ambos procuravam reestruturar a igreja conforme as Escrituras.

O Livro

Incentivado por Matt, Mark escreveu e auto publicou o livreto “Nove Marcas de uma Igreja Saudável”, publicado anos depois pela Editora Crossway como o livro “Nove Marcas de uma Igreja Saudável” (publicado em português pela Editora Fiel). Conforme mais e mais pastores foram sendo beneficiados pelas observações feitas por Mark e Matt, uma organização nasceu no final dos anos 90, e desde então tem crescido de pouco em pouco.

A Organização

9Marks crê que a igreja local é o meio principal que Deus tem escolhido para exibir sua glória a todas as nações e que a Bíblia é suficiente para a vida da igreja. Como uma organização, então, nós somos focados na igreja, nas Escrituras e nos pastores. Nós valorizamos uma pluralidade de vozes e estilos, como também parceiros igualmente convictos. Esperamos crescer continuamente no entendimento da Palavra de Deus e na sua aplicação às congregações locais. Temos a intenção de compartilhar nosso conteúdo através de plataformas, instituições e meios já existentes, ao invés de procurar criar canais novos.

Quais são as nove marcas?

O que é?

Um sermão expositivo pega o ponto principal de uma passagem da Escritura, torna o principal ponto do sermão, e aplica-o à vida hoje.

Onde é que está na Bíblia?

  • Segundo as Escrituras, Deus realiza o que ele quer realizar, através da pregação (veja Gn 1:03, Is 55:10-11, At 12:24). Isto significa que se os pregadores querem que seus sermões sejam preenchidos com o poder de Deus, eles devem pregar o que Deus diz.
  • A Bíblia tem muitos exemplos desse tipo de pregação e ensino: os sacerdotes levíticos ensinaram a lei (Dt 33:10), Esdras e os levitas leram a lei e deram o sentido dela (Nm 8:8), e Pedro e os apóstolos expuseram as Escrituras e exortaram os seus ouvintes a responderem com arrependimento e fé (At 2,14-41, 13:16-47).
  • Por outro lado, Deus condena aqueles que “falam de sua própria imaginação, não da boca do Senhor” (Jr 23:16, 18, 21-22).

Por que é importante?

Pregação expositiva é importante porque a Palavra de Deus é o que convence, converte, edifica e santifica o povo de Deus (Hb 4:12; 1 Pe 1:23; 1 Ts 2:13, Jo 17:17). Pregação que faz do ponto principal do texto o ponto principal do sermão, faz com que a vontade de Deus governe a Igreja, não a do pregador.

O que é?

Teologia bíblica é a sã doutrina; são pensamentos corretos sobre Deus; é a crença que está de acordo com as Escrituras.

Onde está isso na Bíblia?

  1. Toda a Bíblia ensina a sã doutrina.
  2. Muitos livros do Novo Testamento, como as epístolas de Paulo aos Romanos e Efésios, são totalmente cheios de rico ensino doutrinário (veja Rm 1-11 e Ef 1-3).
  3. Os autores do Novo Testamento frequentemente afirmam que a sã doutrina é essencial para cristãos saudáveis e igrejas saudáveis (veja I Tm 1:5. II Jo 1-6 e Tt 2:1:10).

Porque é importante?

Teologia bíblica é essencial para:

  1. Evangelismo. O evangelho é doutrina. Portanto, sã doutrina é necessária para o evangelismo.
  2. Discipulado. Jesus orou “Santifica-os na verdade. A sua palavra é a verdade” (Jo 17:17). Cristãos crescem, aprendendo e vivendo à luz da verdade – em outras palavras, da sã doutrina.
  3. Unidade. De acordo do Novo Testamento, a única unidade verdadeira é a unidade na verdade (I Jo 1:1-4; II Jo 10-11).
  4. Adoração. Adorar a Deus é declarar suas excelências (I Pe 2:9-10) e exaltá-lo por quem Ele é (Sl 29:2). Verdadeira adoração é uma resposta à sã doutrina.

O que é?

As boas novas são:

  1. O único Deus santo nos criou à sua imagem para que O conheçamos (Gn 1:26-28)
  2. Mas nós pecamos e assim nos distanciamos dEle (Gn 3; Rm 3:23).
  3. Em seu grande amor, Deus tomou a forma de homem em Jesus, viveu uma vida perfeita, e morreu na cruz, assim cumprindo toda a lei e tomando sobre Si mesmo toda a punição dos pecados daqueles que deixariam seus pecados e confiassem nEle. (Jo 1:14, Hb 7:26, Rm 3:21-26, Rm 5:12-21)
  4. Ele ressuscitou da morte, mostrando que Deus aceitou o sacrifício de Cristo e a ira de Deus contra nós foi esgotada (Atos 2:24, Rm 4:25).
  5. Ele nos chama a arrepender-nos dos nossos pecados e confiarmos em somente Cristo para sermos perdoados (At 17:30, Jo 1:12). Se nos arrependermos dos nossos pecados e confiarmos em Cristo, somos nascidos de novo para uma nova vida, uma vida eterna com Deus (Jo 3:16).
  6. Ele está recolhendo para si mesmo um novo povo entre aqueles que se submetem a Cristo como Senhor (Mt 16:15-19, Ef 2:11-19).

Onde vemos isso na Bíblia?

De toda a Escritura, Romanos 1-4 contêm uma das exposições mais completas do Evangelho, enquanto 1 Coríntios 15:1-4 contêm um resumo conciso do Evangelho.

Porque isso é importante?

  • Um entendimento bíblico do Evangelho é importante porque o Evangelho é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê, sendo assim a única maneira de pecadores serem reconciliados com um Deus santo.
  • Tudo na igreja flui de um entendimento do Evangelho, seja pregação, aconselhamento, discipulado, música, evangelismo, missões, etc.

O que é?

Um entendimento bíblico sobre conversão reconhece tanto o que Deus faz quanto o que as pessoas fazem na salvação. Na conversão Deus

  • Dá vida aos mortos (Ef 2:5)
  • Dá visão aos cegos (II Co 4:3-6)
  • Dá os dons da fé e arrependimento (Fp 1:29; At 11:18).

E na conversão, as pessoas

  • Arrependem-se de seus pecados ( Mc 1:15; At 3:19)
  • Creem em Jesus (Jo 3:16; Rm 3:21-26).

Um entendimento bíblico da conversão reconhece que somente Deus pode salvar, e que Ele salva indivíduos, permitindo-lhes responder à mensagem do evangelho através do arrependimento dos pecados e confiando em Cristo.

Onde está na Bíblia?

  • Jesus chamou as pessoas ao arrependimento e para crerem nEle (Mc 1:14). Ele disse que alguém que não nascer de novo não pode entrar no reino dos céus. (Jo 3:1-8).
  • Ao longo do livro de Atos, os apóstolos chamam as pessoas a se converterem de seus pecados e crerem em Cristo (At 2:38, 3:19-20, 10:43, 13:38-39, 16:31, 17:30)

Muitas epístolas descrevem nossa necessidade de se arrepender e crer em Cristo na obra sobrenatural de Deus para alcançar este objetivo (Rm 6:1-23; I Co 2:14-15; II Co 4:3-6; Ef 2:1-10; I Ts 1:9-10; II Tm 2:25-26).

Por que é importante?

Um entendimento bíblico sobre conversão é importante para as igrejas porque

  1. Esclarece como as igrejas devem exortar os não-cristãos – devendo chamar os não-cristãos a se arrepender dos pecados e confiar em Cristo.
  2. Lembra as igrejas que devem confiar em Deus em todos os seus esforços evangelísticos, só Ele pode dar nova vida espiritual.
  3. Ela ensina as igrejas a manter uma clara distinção entre si mesmas e o mundo.
    • A vida dos membros das igrejas devem ser marcadas pelo fruto da conversão,
    • As igrejas devem aceitar para o batismo e a ceia do Senhor somente aqueles que mostram evidencias de conversão.

Igrejas devem evangelizar e ensinar sobre vida cristã, de tal forma que a natureza radical da conversão seja continuamente enfatizada.

O que é?

Evangelismo é simplesmente dizer aos não-cristãos as boas novas sobre o que Jesus Cristo fez para salvar os pecadores. A fim de evangelizar biblicamente você deve:

  1. Pregar todo o evangelho, mesmo a dura notícia sobre a ira de Deus contra o nosso pecado.
  2. Chame as pessoas a se arrependerem de seus pecados e confiar em Cristo.
  3. Deixe claro que crer em Cristo é dispendioso, mas vale a pena.

Onde está na Bíblia?

A Escritura contém muitos ensinamentos sobre evangelismo (Mateus 28:19-20; Romanos 10:14-17; 1 Pedro 3:15-16) e exemplos sobre pregação evangelística (veja Atos 2:14-41, 3:12-26, 13:16-49, 17:22-31). Além disso, toda a vez que a Escritura fala sobre o evangelho, ela está nos ensinando o que devemos compartilhar quando evangelizamos (veja, por exemplo, Rm 1-4 e 1 Co 15:1-4).

Por que é importante?

  1. Quando a igreja não tem um entendimento bíblico sobre o evangelho, ela não evangeliza, ou ela compartilha uma mensagem que não é o evangelho, ou evangelizam de maneira enganosa e manipulativa.
  2. Por outro lado, uma compreensão bíblica de evangelismo esclarece o nosso papel na missão que Deus deu à Igreja: devemos pregar a boa notícia sobre o que Cristo fez e orar para que Deus traga pessoas a crer.

O que é?

De acordo com a Bíblia, membresia em uma igreja local é um compromisso que todo cristão deveria fazer, que inclui frequentar, amar, servir e submeter-se a uma igreja local.

Onde vemos isso na Bíblia?

  1. Durante toda a história do Velho Testamento, Deus fez uma distinção clara entre o Seu povo e o mundo (Lv 13:46, Nm 5:3, Dt 7:3).
  2. Cristo disse que entrar no reino de Deus significa estar ligado a uma igreja aqui na terra (Mt. 16:16-19, Mt 18:17-19). E onde vemos essa igreja aqui na terra? Na igreja local.
  3. O Novo Testamento faz menção especificamente de pessoas que estão dentro de uma igreja e outras pessoas que estão fora da igreja (1 Co 5:12-13). Isso é muito mais do que uma simples associação.
  4. A igreja em Corinto consistia em um número definido de membros, tanto que Paulo refere-se a punição imposta por uma maioria (2 Co 2:6).
  5. Além da realidade da membresia, o Novo Testamento também menciona dezenas de vezes ‘um a outro’ que foi escrito as igrejas locais, que nos ajuda a entender em termos práticos como é a membresia em uma igreja local.

Por que é importante?

Membresia bíblica é importante porque a igreja apresenta ao mundo o testemunho do próprio Deus. A igreja exibe a Sua glória. Por causa da membresia da igreja, os não-crentes deveriam enxergar nas vidas transformadas do povo de Deus que Deus é tanto santo como gracioso e que seu Evangelho é poderoso para salvar e transformar pecadores.

O que é?

  • Em um sentido amplo, a disciplina da igreja é tudo aquilo que a igreja faz para ajudar seus membros na busca da santidade e luta contra o pecado. Pregação, ensino, oração, adoração corporativa, relações de prestação de contas, e supervisão piedosa por pastores e presbíteros são todas as formas de disciplina.
  • Em um sentido mais restrito, a disciplina da igreja é o ato de corrigir o pecado na vida do corpo, incluindo a possibilidade de, em uma etapa final, excluir um cristão confesso da membresia da igreja e da participação na Ceia do Senhor, por causa de um grave pecado sem arrependimento (veja Mt 18:15-20, 1 Co 5:1-13).

Onde está na Bíblia?

  • O Novo Testamento instrui a disciplina corretiva (excluindo pecadores não arrependidos da membresia da igreja) em passagens como Mateus 18:15-17, 1 Coríntios 5:1-13, 2 Coríntios 2:6 e 2 Tessalonicenses 3:6-15.
  • O Novo Testamento fala sobre a disciplina formativa (nossos esforços para crescer em santidade juntos) em inúmeras passagens sobre a busca da santidade e da edificação uns dos outros na fé, tais como Efésios 4:11-32 e Filipenses 2:1-18.

Por que é importante?

Pense em disciplina como uma estaca que faz a árvore crescer reta, como um conjunto extra de rodas para bicicleta, ou como as horas intermináveis de prática de um músico. Sem disciplina, nós não cresceremos como Deus quer que cresçamos. Com disciplina, nós iremos, pela graça de Deus, produzir frutos pacíficos de justiça (Hb 12:5-11).

O que é?

A Escritura ensina que um cristão vivo é um cristão em crescimento (II Pe 1:8-10). A Escritura também ensina que nós crescemos não somente pela instrução, mas também pela imitação (I Co 4:16; 11:1). Portanto, as igrejas devem exortar seus membros a crescerem em santidade e ajudar os outros a fazerem o mesmo.

Onde está na Bíblia?

  • Pedro exorta seus leitores a crescerem na graça e no conhecimento do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo (II Pe 3:18).
  • Paulo exorta os Efésios a crescerem falando a verdade em amor uns pelos outros (Ef 4:15).
  • Muitas passagens na Escritura nos instruem a imitar líderes piedosos (Fp 4:9; Hb 13:7).

O ponto é que, segundo a Escritura, todos os cristãos devem crescer em Cristo, imitar outros cristãos piedosos, e incentivar outras pessoas em seu crescimento em Cristo.

Por que é importante?

  1. Promover o discipulado bíblico e crescimento é importante porque nenhum de nós somos produtos acabados. Até que morramos, todos os cristãos vão lutar contra o pecado, e precisamos de toda a ajuda que pudermos obter nesta luta.
  2. Se uma igreja negligencia discipulado e crescimento, ou ensina uma versão distorcida e anti-bíblica, irá desencorajar os cristãos genuínos e erroneamente assegurar falsos cristãos. Por outro lado, se uma igreja promove uma cultura de discipulado cristão e crescimento, vai multiplicar os esforços dos crentes a crescer em santidade.
  3. Uma igreja que não está crescendo na fé acabará por proporcionar um testemunho insalubre para o mundo.

O que é liderança?

A Bíblia ensina que cada igreja local dever ser conduzida por uma pluralidade de homens piedosos e qualificados.

Onde vemos isso na Bíblia?

Paulo estabelece as qualificações para os líderes em 1 Timóteo 3:17 e Tito 1:5-9. Versículos que demonstram uma pluralidade de líderes em uma única igreja local inclui Atos 14:23, Atos 20:17, 1 Timóteo 4:14, 1 Timóteo 5:17 e Tiago 5:14.

Porque é importante?

Deus abençoa igrejas com líderes a fim de

  • apascentar as ovelhas de Deus com a Palavra de Deus (Jo 21:15-17),
  • guiar o rebanho (1 Tim 4:16, 1 Pd 5:3, Hb 13:7),
  • e proteger o rebanho de agressores (Atos 20:27-29, 2 Tim 4:3,4, Tito 1:9),
  • enquanto protege a si mesmo e a igreja através da sabedoria da pluralidade (Pv 11:14, Pv 24:6).

O ponto final? Liderança bíblica na igreja é importante porque, sem ela, o povo de Deus é como ovelhas sem pastores.

Por que 9Marks existe?

Há muitos pastores que foram ensinados que “sucesso” tem a ver com estatísticas e picos emocionais. 9Marks existe para ajudar líderes de igrejas a definirem sucesso como fidelidade a Deus, Sua Palavra, e Seu povo. Em sua defesa, muitos desses pastores não estão interessados somente em números. Querem, sim, alcançar mais e mais pessoas com as Boas Novas do Cristianismo. O problema é que eles começam a reestruturar a vida corporal da igreja em razão do crescimento. Crescimento torna a ser a prioridade.

Modelos diferentes

Algumas igrejas procuram ser atrativas ao mundo através de programações na igreja e evangelismo de porta-a-porta. Ao encerrar as pregações, sempre há um apelo para “vir até a frente”, dizendo: “Jesus deseja ter um relacionamento contigo então convide-O a entrar em seu coração.”

Outras igrejas focam naquilo que será atraente aos não-crentes ou aqueles que procuram uma igreja. Removem quaisquer barreiras culturais contra a igreja, desejando ter um apelo às necessidades sentimentais das pessoas, como relacionamentos, satisfação e propósito.

Já outras igrejas enfatizam a necessidade das igrejas removerem todas as barreiras e ‘inserir-se’ na cultura. Mudam para o centro da cidade, se envolvem nas artes, escolas e cozinhas comunitárias, com o objetivo de transformarem a cultura. Procuram servir e trazer restauração.

A pergunta principal

O problema é que os defensores destes três modelos começam com uma pergunta secundaria: “Como podemos alcançar o mundo?” É uma boa pergunta, mas não é a pergunta principal. A primeira pergunta que devemos fazer é: “Sendo o povo de Deus, como podemos ser fiéis a Deus?” Parte dessa fidelidade é alcançar o mundo, mais fidelidade é basicamente ouvir ao Senhor e fazer tudo o que Ele manda. “Ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado” (Mt 28:20).

9Marks propõe que as igrejas devem começar com a fidelidade, o que nos trás a outro assunto.

A Igreja Fiel

Imagine isto: um grupo de pessoas se reúne em uma sala. Alguém fica de pé, abre a Bíblia, e diz, “É isso que Deus diz.” Ele explica o que foi lido. A igreja canta, ora, participa da ceia, e vão para casa, animados para compartilhar a Palavra de Deus com aqueles que nunca A ouviram.

Na verdade, isso nada mais é do que uma ilustração de uma igreja fiel.

Uma igreja fiel? Isso não parece muito atraente, de um ponto de vista de marketing. Talvez tão interessante como assistir uma planta sendo plantada? Mais espere que tem mais: as palavras vem com poder, o Espirito Santo e convicção profunda. Consciências são atingidas. Vidas são transformadas. As pessoas vão para casa adorando ao Senhor, ao odiar o pecado, amar uns aos outros e ao procurar falar com seus vizinhos.

Uma igreja fiel é uma igreja obediente e humilde, e isso é atraente de forma sobrenatural. É distinto como sal e brilhante como a luz. As pessoas começam a parecer como… filhos e filhas de Deus! Isso é atraente! E tudo começa quando começam a ouvi-lo.

O que o ministério 9Marks faz?

No ministério 9Marks, escrevemos livros, artigos e resenhas de livros. Hospedemos conferências, gravamos entrevistas, e consultamos com líderes de igrejas. Em resumo: fazemos tudo que podemos para ajudar pastores, futuro pastores, e membros de igrejas entender o que é uma igreja saudável, e assim tomar passos práticos para ser uma igreja saudável.

Nos primeiros anos da organização, Mark Dever foi a única voz publica. Porém, os princípios são bíblicos, e há um pequeno movimento de líderes de igrejas que participem escrevendo textos e dando palestras.

Livros 9Marks

Há um número crescente de escritores que estão contribuindo para a série de livros 9Marks. Os livros escritos por Mark Dever são os principais: Nove Marcas de uma Igreja Saudável, O Evangelho e Evangelismo, entre outros. Mas conheça também outros livros: Thabiti Anyabwile escreveu sobre o que é ser um membro de igreja saudável, Greg Gilbert estudou sobre o Evangelho, Michael Lawrence examina teologia bíblica, Michael McKinley escreveu sobre a plantação de igrejas, entre outros. Clique aqui para acessar os livros 9Marks em inglês e em português, publicados pela Editora Fiel.

Multimídia 9Marks

9Marks oferece uma variedade de recursos em multimídia, tanto em audio como em vídeo. Buscamos equipar e encorajar líderes de igrejas através de entrevistas sobre liderença, mensagens das conferências, mesas redondas, palestras e explicações de assuntos chaves. Clique aqui para acessar multimídia 9Marks.

Conferências 9Marks

Promovemos o evento Fim de Semana com 9Marks em Washington, DC. Realizada três vezes por ano, o evento permite que pastores igrejas possam visitar uma igreja dedicada ao crescimento bíblico.

Promovemos workshops do 9Marks. Durante o ano, nossos palestrantes oferecem palestras praticas sobre pregação, membresia, disciplina, liderança, e evangelismo para você e outros pastores na sua região. Clique aqui para acessar os eventos do 9Marks nos EUA.

Conheça também o Curso Fiel de Liderança: 9Marcas disponível em português e online em parceria com o Ministério Fiel. Clique aqui para acessar o CFL 9Marcas  .

Revista 9Marks

A revista 9Marks tem o alvo de equipar pastores com ferramentas necessárias, tanto praticas como téologicas. Artigos e resenhas de livros abordam varios assuntos, entre eles: disciplina na igreja, treinamento de líderes, casamento e divorcio, pregando Cristo no Velho Testamento. Clique aqui para acessar a edição em inglês da revista 9Marks.

Indice 9Marks para Igrejas

Desejamos ajudar cristãos a achar igrejas da mesma fé e ordem próximos à suas cidades. Ache uma igreja na nossa indice de igrejas usando somente seu CEP. Clique aqui para procurar um igreja.

Site 9Marks

Não perca os outros recursos no nosso site, como por exemplo, a área de Respostas para Pastores ou a área Respostas para Membros de Igrejas, onde respondemos as perguntas mais comuns que um pastor ou membro possa ter, em um formato resumido e direto ao ponto.